vacinação

Entenda a importância de manter a vacinação infantil em dia

A vacinação é uma das medidas mais importantes para a prevenção de doenças. Ela estimula o corpo a se defender de vírus e bactérias que provocam vários tipos de problemas graves. Eles podem afetar de forma severa a saúde das pessoas e inclusive levá-las à morte.

É um serviço preventivo recomendado a todas as crianças do mundo. A administração adequada de uma vacina em dose única ou em uma série de doses geralmente confere uma imunização duradoura.

Segundo dados do Ministério da Saúde, 3 em cada 100 crianças podem morrer de sarampo, 2, de coqueluche, e 1, de tétano, caso não haja a imunização delas para evitar o contágio. 

A poliomielite (paralisia infantil) e a meningite também são problemas que podem afetar grande parte dos pequenos e causar danos irreversíveis à saúde.

Por que a vacinação é importante?

Aqui estão alguns motivos para se manter a vacinação infantil em dia:

1. Autodefesa do corpo

As vacinas podem ser produzidas a partir de organismos enfraquecidos ou mortos. Elas podem ser aplicadas por meio de injeção ou por via oral. Quando a pessoa é vacinada, o corpo detecta a substância da vacina e produz os anticorpos para se defender. Esses anticorpos permanecem no organismo e evitam que a doença ocorra no futuro, ou seja, eles criam imunidade.

2. Proteção de diversas doenças

Importante para qualquer idade, a maioria das vacinas é disponibilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e deve ser requisitada pela população. Para os recém-nascidos, existe o calendário de vacinação infantil, que é capaz de orientar os pais ou responsáveis sobre quando e quais doses tomar. 

Até os 6 anos, as crianças tomam 9 tipos de vacinas obrigatórias, aplicadas em doses e reforços que variam de acordo com a idade. Elas criam, então, resistência no corpo para doenças como poliomielite, hepatite B, febre amarela, dentre muitas outras.

3. Vacinação para erradicar doenças

A imunização é essencial não só para fortalecer a saúde infantil ao longo dos anos, com doses sendo aplicadas com meses de intervalo, como também para contribuir para a erradicação de doenças que ameaçam a população. 

Além disso, a imunização protege cada criança individualmente e também toda a sociedade, pois impede que esses vírus voltem a circular.

4. Evitar custos altos e desnecessários com tratamento

Quando a criança não é vacinada devidamente, ela pode se deparar com algumas doenças na fase adulta. Esses problemas não só exigem afastamento dos estudos e do trabalho, como também envolvem custos altos de tratamento e até mesmo de internação. Por isso, vale muito a pena participar anualmente das campanhas de vacinação do governo.

5. Proteger gerações futuras

Ao vacinar uma menina contra rubéola, por exemplo, além de protegê-la durante a infância, evita-se que ela possa, quando adulta, contrair a doença durante a gestação e de transmitir o vírus ao feto – o que pode resultar em aborto, morte do feto, parto prematuro ou malformações congênitas. 

Esses são alguns dos motivos que reforçam a importância da vacinação para proteger crianças e adultos.

Quer saber mais? Clique no banner!

Powered by Rock Convert

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp